Tipos de Carteira e Segurança nas moedas digitais

05/01/2018

Manter as moedas digitais em segurança significa ter controle exclusivo sobre sua chave privada, protegendo-a contra perda, roubo e ataques. Para isso, você precisa ter uma boa carteira e tomar alguns cuidados.


Escolhendo sua carteira

Existem cinco tipos de carteira em que você guardar suas moedas digitais: para desktop, hardware, mobile, web e de papel. Cada uma delas apresenta uma vantagem e exige um tipo de cuidado. Ao fazer uma carteira, você recebe uma combinação de chave pública (que será usada para receber pagamentos) e uma chave privada (que garante que você é a única pessoa que pode acessar àquele fundo).

Estes cinco tipos de carteira podem ser divididos em carteiras quentes (conectadas a internet) ou carteiras frias (não conectadas à internet). As carteiras quentes são usadas para pagar contas, fazer comprar e trade. Enquanto que as carteiras frias funcionam como a poupança, mantendo grandes quantias de moedas em alta segurança. O primeiro passo então é decidir para quê essa carteira vai servir. Você quer aproveitar os descontos da Amazon para quem paga em BTC? ou você quer esperar a valorização desse ativo?

Carteiras Quentes (Hot Wallet)

Carteiras Quentes, tais como aplicativos mobile disponíveIS para Android permitem usar BTC em qualquer lugar, pagando as contas do boteco ou boletos com grande comodidade. O mesmo vale para carteiras web e desktop. Elas são excelentes para transações cotidianas mas também são muito mais vulneráveis à ataques cibernéticos. Sempre que você for utilizar um serviço conectado à rede para transacionar Bitcoin, assegure-se de:


  • Sempre usar 2FA ou 3FA

  • Deixar um firewall bom funcionando

  • Deixar um antispyware bom funcionando

  • Deixar seu computador livre de malwares, vírus, keylogger e ferramentas de acesso remoto.

  • Fazer backup a cada 50 transações

  • Manter seu sistema operacional e software de Bitcoin sempre atualizado


Desconfie de qualquer serviço designado à armazenar o seu dinheiro online. Muitas carteiras sofreram falhas de segurança no passado. Por isso preste muita atenção nos aplicativos e programas e sempre pesquise antes de colocar fundos neles.


Carteiras Frias (Cold Wallet)

Para armazenar a longo prazo ou uma quantia grande de bitcoins é indicado o uso de carteiras offline. Há alguns tipos como: Hardware Wallets, Paper Wallets e Brain Wallets


1) Hardware Wallets:

Uma hardware wallet é um dispositivo físico que mantém offline suas moedas e que pode se conectar com um computador quando for necessário. O dispositivo assina as transações internamente e transmite as transações assinadas para o computador. A separação das chaves privadas do ambiente vulnerável permite ao usuário gastar bitcoins em um computador comprometido com risco reduzido. Algumas hardware wallets, como a Ledger Nano S, permitem o armazenamentos de várias moedas diferentes, o que traz para o usuário menos experiente a praticidade de não ter que criar várias carteiras em locais diferentes, lidando com diferentes programas e senhas.

Infelizmente essa tecnologia é ainda um pouco cara no Brasil. Um exemplo mais simples e menos caro seria instalar um sistema live numa USB, tipo um Tails.

2)Paper Wallet

Pra quem não quer gastar com o armazenamento das moedas, temos uma excelente opção: a paper wallet . Esta carteira é usada única e exclusivamente para armazenar os bitcoin. Quando o usuário quiser gastar os fundos armazenados, ele deverá exportar a wallet para um software que permita os gastos da moeda. Neste momento ela deixa de ser uma paper wallet e vira uma carteira online. A checagem do saldo pode ser feito através do www.bitadress.org, não tendo que expor a prave privada para isso.

Separamos um tutorial passo-a-passo de como criar uma Paper Wallet para moedas que tem sites geradores de endereço (como o Bitcoin) e também para criar uma Paper Wallet de uma moeda menos utilizada que não possui um site gerador de endereço.

3) Brain Wallets

Essa carteira é extremamente segura se você dominar a "mnemonic recovery phases". A técnica basicamente reside em usar uma frase para lembrar da chave privada e manter ela pra você. Ao mesmo tempo que a Brain Walllet é livre de ataques hackers ou de insegurança, o risco do erro humano é gigantesco.


Senhas

Sempre proteja seus backups e carteiras com senhas. Essa senha precisa ser forte e difícil de quebrar. Existem programas especializados em senhas com altos níveis de entropia, um exemplo é o Diceware, uma página destinada à encriptografar e manter programas seguros. Uma senha segura não usa frases e deve ter no mínimo 16 caracteres. As senhas fortes são difíceis de lembrar e por isso, redobre o cuidado para NÃO ESQUECER SUA SENHA.

Em caso de dúvida, mantenha uma cópia da sua senha em um papel, guardado em um lugar seguro.


Backup

Os backups permitirem que você recupere sua carteira após ter seu celular ou computador roubado, se você mantiver sua wallet encriptada. Além disso, as carteiras que não implementam o BIP 0032 ou que importaram a seed de outro lugar precisam de backups regulares para manter a segurança dos fundos.

Lembre de sempre manter mais de um backup. Se o backup não é dependente de um único local, é menos provável que qualquer evento ruim irá impedi-lo de recuperar sua carteira. Considere o uso de diferentes mídias, como pendrives, documentos e CDs para o armazenamento. Mas não esqueca: todo backup armazenado online é vulnerável a roubo e deve ser criptografado.

Multi-assinaturas (multi-sig)

Algumas carteiras permitem a prática da multi-assinatura. Ela consiste no requerimento da aprovação de múltiplas pessoas para liberação dos fundos. Isto pode ser utilizado por uma organização para dar aos seus sócios acesso aos fundos coletivos, sem correr o risco de um dos membros sumir com o dinheiro. Algumas carteiras web também fornecem carteiras multi-assinaturas, permitindo que o usuário se previna de um ladrão que tenha comprometido um único dispositivo.

Herança

Se acontecesse algo com você hoje, alguém saberia como resgatar seus fundos? Suas chaves privadas e senhas seriam acessíveis por algum parente? Ou se perderiam para sempre? Vale a pena tirar um tempo para conversar com pessoas de sua confiança e instruí-las sobre como recuperar seus fundos.

EXCHANGES NÃO SÃO CARTEIRAS!

Essa é uma confusão muito comum entre os iniciantes. Exchanges, tais comum MercadoBitcoin, Walltime, FoxBit, Binance, Bittrex NÃO são carteiras, são apenas corretoras. Isso porque quando você faz uma conta em uma dessas empresas, elas não te dão o acesso à sua chave privada. Isso significa que os seus fundos estão na mão de terceiros. Existem inúmeros casos de exchanges que sumiram com milhões de reais em BTC de seus usuários. Por isso, sempre lembre: você precisa ter suas chaves privadas para os fundos serem de fato seu e você precisá assegurar a segurança de sua chave privada contra roubos, furtos e perdas.