6 Padrões Gráficos de Reversão

04/10/2017

Os 6 Padrões de Reversão proporcionam uma leitura simples e prática do comportamento de reversão do preço de um ativo, indicando pontos de compra e de venda.

 Os padrões gráficos de reversão são formações geométricas que indicam o que deve ocorrer com o mercado nos próximos momentos, dando sinais dos pontos de compra ou de venda dos ativos digitais. Esses padrões gráficos de reversão de são conhecidos como: topos e fundos duplos, topos e fundos triplos, ombro-cabeça-ombro e ombro-cabeça-ombro-invertido.

  • 1. Topos duplos: são formados por dois topos com a mesma resistência em um movimento de alta. Quando a base do segundo topo romper a base do primeiro, indica que devemos vender o ativo ou esperar para realizar uma nova compra, pois o movimento de alta dará lugar à uma queda. 

A tendência se confirma quando um candle rompe a base do topo duplo. É claro que as resistências e topos encontra-se tortas muitas vezes, no exemplo abaixo vemos como funciona na prática:

Exemplo:

  • 2. Fundos Duplos: são formados por candles que compartilham uma base similar ou que podem ser traçados por uma linha diagonal em um movimento de baixa. Quando o segundo topo invertido romper a resistência do primeiro topo invertido, temos o sinal de reversão da tendência, indicando início de uma tendência de alta.

Exemplo:

  • 3. Topos Triplos: padrões gráficos formados por três topos que compartilham a mesma resistência ou uma resistência que pode ser traçado por uma linha diagonal em um movimento de alta. O rompimento da base do terceiro topo indica que o movimento de reversão do mercado foi confirmado. A projeção indica até onde o atívo irá cair e serve como uma forma de indicar uma possível compra do ativo.

  • 4. Fundos Triplos: é um padrão formado por no mínimo três topos seguidos que compartilham a mesma base em um movimento de baixa. Neste tipo de gráfico existe uma linha de resistência que deverá ser rompida após o terceiro topo ser formado. Após o rompimento da resistência, ela torna-se a linha de suporte do ativo. Para se determinar o preço alvo da jogada(target) após o rompimento da linha de resistência, calcula-se a diferença entre os mínimos do fundo e sua linha de resistência. A diferença será aproximadamente o valor que o ativo deve alcançar.


Exemplo:

  • 5. Ombro-cabeça-ombro (OCO): figura formada por dois topos (ombros) de tamanhos similares separados por um grande topo (cabeça). Os suportes compartilhados pelos dois ombros são chamados linha de pescoço. Esse padrão gráfico de reversão ocorre em tendências de alta e sinaliza a reversão para uma tendência de baixa. É possível projetar a baixa que o preço alcançará ao romper a linha do pescoço, isso porque ela será proporcional a distância da linha do pescoço e o topo da cabeça.
  • 6.Ombro-Cabeça-Ombro Invertido: a figura ombro-cabeça-ombro invertido é caracterizada por ombros com a mesma base e a mesma resistência. Caso a base do segundo ombro quebre a linha de resistência, o ativo deve ser comprado, pois  movimento de baixa dará lugar para um movimento de alta do ativo. Esse padrão gráfico de reversão contém a informação do tamanho da alta que o ativo deve atingir, que será proporcional ao valor do tamanho da cabeça.

Exemplo:

Para todos os padrões gráficos de reversão, deve-se esperar que ao menos dois candles inteiros tenham rompido a base e a resistência traçada. Rompimentos parciais podem indicar falsas reversões.